Reciclagem do vidro

 

Uma boa parte do que usamos no nosso dia a dia é de vidro e combina pureza, nobreza e elegância. Do material são feitos objetos dos mais comuns, até construções da mais alta tecnologia do mundo.

O vidro é formado essencialmente de matérias-primas naturais e abundantes na natureza (areia, carbonato de cálcio e calcário).

Além das matérias-primas naturais, são utilizados também cacos de vidro (reciclados) na produção do vidro, o que permite reduzir, além do consumo das matérias-primas, o consumo de energia, fazendo dele um material ainda mais sustentável.

Ultimamente estamos mais atentos a produtos recicláveis, visto que o meio ambiente, exige uma atenção maior para a sua preservação. Essa preocupação faz com que empresários se empenhem em descobrir novas formas de minimizar o impacto ambiental dos seus produtos.

O vidro é um material de fácil reciclagem, onde pode substituir totalmente a matéria prima, sem perder a qualidade e pureza.

 

Vantagens da reciclagem do vidro

 

O vidro é 100% reciclável, e pode ser reciclado inúmeras vezes, sem a perda da qualidade e pureza.

Além de evitar a retirada de sua matéria prima da natureza, a reutilização do vidro, quando refundido, reduz o tempo de fusão, diminuindo consideravelmente o consumo de energia na sua produção. E também diminui a liberação de gás carbono no processo de fabricação.

Por ser um material que não se decompõe na natureza, o descarte do vidro, somente fará aumentar o volume em aterros sanitários. A reciclagem é uma forma de diminuir esse volume.

Mais de uma tonelada de recursos naturais são economizados para cada tonelada de vidro reciclado.

Os fabricantes se beneficiam da reciclagem de várias maneiras, tais como, reduz as emissões e o consumo de matérias-primas, prolonga a vida útil dos equipamentos, como fornos, e economiza energia

O vidro reciclado também é utilizado na fabricação do vidro, e quanto mais usado, maior a diminuição da energia usada no forno. Isso torna rentável o uso de vidro reciclado a longo prazo, diminuindo os custos para os fabricantes de recipientes de vidro e beneficiando o meio ambiente.

Os custos de energia caem cerca de 2 a 3% para cada 10% de cacos de vidros usados no processo de fabricação.

Para cada seis toneladas de vidro reciclado empregado no processo de produção, uma tonelada de criação de dióxido de carbono é evitada.

 

Processo de reciclagem do vidro

 

1 – É feita uma lavagem com água para a remoção da sujeira e resíduos impregnados no vidro.

2-  O vidro é transportado por esteiras onde é retirado materiais contaminantes (metais, plásticos, etc…)

Nessa etapa, os vidros são separação por cores e tipos. Nessa etapa é importante eliminar qualquer tipo de vidro especial, como o Pyrex, pois estes, ainda que em pequenas quantidades, causam grandes alterações na viscosidade do produto final.

3-  O vidro é triturado. Transformando-se em cacos de vidro homogêneos.

4-  Os cacos de vidros são fundidos a uma temperatura de 1300 C

5-  O vidro pode então, ser moldado e utilizado na fabricação de novas embalagens.

 

Coleta

 

A reciclagem de vidro é uma prática comum e muitas cidades incluem a coleta de garrafas de vidro e recipientes em programas de coleta seletiva.

Além disso, deve-se realizar em casa uma coleta seletiva, na qual o vidro é separado, limpo e seco, para que posteriormente sejam levados aos locais de coleta. Em algumas cidades, a prefeitura disponibiliza sistemas de coleta seletiva.

 

Participe dos programas de coleta seletiva de lixo reciclável. Tenha uma vida mais sustentável, e faça a sua parte na proteção ao meio ambiente.

 

Se gostou do artigo, deixe seu comentário e compartilhe com os amigos

 

Luci Buzo

 

Receba as novidades por Email

No spam guarantee.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: