Mandala com mosaico de pastilhas de vidro

 

A palavra mandala é da língua indiana do sânscrito e significa “círculo”. Mesmo que você possa encontrar mandalas em outros formatos, ela sempre tem uma natureza concêntrica (circular).

As mandalas oferecem elementos visuais de equilíbrio, simbolizando unidade e harmonia. Os significados da mandala dependem da cor, dos elementos geométricos e da cultura.

O objetivo da mandala é servir como uma ferramenta em nossa jornada espiritual, pois simboliza a ordem cósmica e psíquica.

 

 

História 

 

Mandalas foram usadas por muitas culturas, as mandalas serviram a humanidade por séculos. O famoso psiquiatra suíço, Dr. Carl Jung, empregou a mandala em seu trabalho com clientes. Ele sentiu que, quando concentrado, a consciência humana mais profunda tornou-se elevada à medida que a consciência era capaz de receber revelação sobre o verdadeiro potencial e integridade do eu.

 

Meditando com as mandalas

 

O desenho da mandala tem que ser atraente, de modo a absorver a mente de tal forma, que os pensamentos adversos, não interfiram na meditação, e uma essência mais filosófica ou espiritual envolve o observador, o que, por sua vez, leva a uma consciência ou percepção superior.

Em suma, uma mandala pode ser vista como um hipnótico, deixando o hemisfério criativo de nossa mente ficar um pouco mais livre enquanto nossa mente analítica fica em repouso.

Usamos a mandala como uma forma de meditação com o propósito de obter conhecimento, principalmente o tipo que reside dentro de cada um de nós.

Antes de meditar, devemos primeiro estabelecer uma intenção. Normalmente, selecionamos uma mandala que nos agrada. É bom saber qual o significado da mandala que você escolheu, ou definir seus próprios significados e intenção antes de se concentrar nela.

Ao cair na mandala, você começará a se sentir mais leve e pensamentos intuitivos poderão surgir. Relaxe e flutue com os pensamentos e sentimentos que vêm até você. Se você começar a se sentir perdido, desconfortável ou se voltar a falar, simplesmente concentre sua atenção na mandala.

Cada observador tem diferentes experiências. No entanto, o consenso geral é que meditar com a mandala deixa o observador relaxado, e ele chega com uma resolução ou clareza sobre a intenção que foi estabelecida antes da meditação.

Montar uma mandala permite que o nosso cérebro criativo saia e toque, levando a um estado alterado onde podemos realizar uma cura construtiva e obter uma visão incrível de nós mesmos e de nossas vidas.

 

Influência das cores numa mandala

 

O significado de uma mandala está intimamente ligado ao seu poder de canalizar as energias destinadas a ela, através do seu formato ou da sua cor.

As cores influenciam muito na construção de uma mandala. E para saber qual a sua busca interior, conheça o significado de cada uma das cores:

 

Vermelho 

É uma cor viva e forte. É a cor da paixão, da sensualidade e da sexualidade. No emocional, promove estímulos, afasta sentimentos de depressão e desânimo. Mas, quando usada em uma mandala deve ser dosada, pois, pode contribuir para tirar o sono ou promover irritabilidade.

Amarelo

Agindo diretamente sobre os processos mentais, a cor promove a inteligência, auxiliando em processos criativos e capacidades de raciocínio e de comunicação. Tem o poder de afastar ideias fixas.

Laranja

A cor restaura e regenera, sendo ela a tonalidade da coragem, trazendo a capacidade de reconstruir-se após um processo de destruição. Ela também pode transmitir calor e poder

Verde

Capaz de acalmar e equilibrar, a cor verde energiza o corpo e a alma, principalmente quando se está presente em uma Mandala. O verde também traz a noção da renovação.

Azul

Além de promover o equilíbrio, o azul é a cor da paciência e da serenidade. Na Mandala, pode auxilia-lo para combater a insônia e o estresse. Promove calma e relaxamento.

Rosa

É a cor do amor e da afetividade. Traz uma energia muito forte, permitindo maiores chances de harmonia entre relacionamentos pessoais e profissionais.

Lilás

Está relacionada com o despertar da espiritualidade. Trás equilíbrio espiritual, para aqueles que estão descrente das forças divinas.

Preto

Está associada a sabedoria e a inteligência. Mas, deve ser dosada, pois seu excesso pode transmitir pessimismo e até mesmo depressão.

Branco

É a cor da paz e pode abrir bons caminhos. Trabalhar com a cor branca traz sensação de purificação e limpeza.

 

Com essas informações, você mesmo pode montar a sua mandala e meditar.

 

 

 

Se gostou do artigo compartilhe com os amigos

Luci Buzo

Veja também:

Fazendo flores em mosaico

mosaico com peças recicladas

Repaginando um abajur

Faça você mesmo vaso craquelado

Receba as novidades por Email

No spam guarantee.

I agree to have my personal information transfered to MailChimp ( more information )

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: